Pular para o conteúdo principal

Texto sobre reforma religiosa e questionário.


Calvino

Lutero



Martinho Lutero - o primeiro dos reformadores

As reformas religiosas-
Dentre os episódios ocorridos ao final da idade media e inicio da idade moderna está a reforma religiosa ou as “reformas protestantes”. Indignados com a situação que a igreja católica se encontrava, muitos religiosos propõem mudanças na conduta dos clérigos, ocasionando a fragmentação da Igreja e o surgimento de novas religiões cristãs.
A conduta da Igreja era digna de reprovação, pois havia –
• O desrespeito ao celibato;
• A má formação espiritual dos padres;
• A venda de cargos eclesiásticos;
• A venda de perdão ou de objetos ditos sagrados.
Todos estes comportamentos eram alvos das criticas á Igreja. Denunciando estas práticas, Martinho Lutero afixa 95 denúncias nas portas das Igrejas na Alemanha, em um documento conhecido como “As 95 teses”. Lá, denunciava estas e outras condutas, mas também defendia:
• O fim do celibato;
• A salvação pela fé;
• A validade do batismo e da eucaristia;
• Missa rezada em língua comum;
• A invalidade dos cultos à imagem e aos santos;
• A bíblia como fonte de conhecimento;
A igreja Luterana
Com esta atitude, Martinho Lutero foi expulso da igreja (excomungado), desta maneira, ela funda uma nova religião cristã: a igreja luterana que, apoiada por príncipes alemães, logo se expandiu, naquela região.
A Igreja Calvinista
João Calvino era um monge francês descontente com os rumos que a igreja tomava. O esbanjo, a luxúria, o descolamento dos padres das questões espirituais eram alvos de sua crítica. Calvino, assim,após uma série de tentativas reformadores e uma gama de textos produzidos sobre o assunto funda uma nova Igreja, a Igreja Calvinista, que defende a ideia de uma vida simples, frugal, econômica e regrada. Para Calvino a salvação viria pela fé também, mas havia a ideia de predestinação, ou seja, a ideia de que deus escolheria os que se salvariam, dando sinais a estes escolhidos. A riqueza, ou o enriquecimento, era um deles. Desta maneira, valorizando o trabalho e incorporando valores típicos ao modo de vida da burguesia, a religião calvinista se desenvolveu nos países onde havia um comércio forte.

A igreja Anglicana
Henrique VIII buscava um herdeiro homem que Catarina de Aragão, sua esposa, não conseguia lhe dar. Sob o temor de, depois da sua morte, o trono inglês não ter nenhum herdeiro homem, o rei pede o divórcio. Contudo, o divórcio naquela época era proibido e esta foi a posição da Igreja. Henrique VIII, irredutível, resolve se separar, sendo excomungado da Igreja. O rei assina, portanto, o ato de supremacia e funda a igreja anglicana. Os bens, as terras e as riquezas da Igreja católica na Inglaterra passam para as mãos do Rei.

A contra- reforma
Buscando minimizar os prejuízos causados pela reforma protestante, a Igreja Católica organizou uma resposta objetivando reafirmar alguns DOGMAS* e reformar outros aspectos
Dentre as medidas mais importantes destacam-se:
• A afirmação do latim com língua oficial
• O reforço á hierarquia da igreja e ao poder espiritual do papa
• A salvação pela fé e pelas obras
• A bíblia como fonte do conhecimento
• O culto aos santos
• A reativação do tribunal ao santo oficio ( Santa inquisição )
• A elaboração do INDEX: um catálogo de livros proibidos aos católicos. Dentre eles todos aqueles que defendiam o protestantismo
• A criação da companhia de Jesus (os jesuítas): irmandade criada com o objetivo de expandir a fé católica para além da Europa. Terão ação destacada na catequização dos índios na América e levarão o catolicismo ao extremo do mundo conhecido pelos europeus. Desta maneira a igreja católica compensava sua perda de fieis na Europa com a conquista de vastos territorios, principalmente nas áreas da expansão marítima governadas por Espanha e Portugal , conhecidos como reinos católicos.
Desta maneira , mais do que falar em um enfraquecimento da igreja católica atráveis das reformas , o que podemos concluir é que as reformas protestantes significaram uma expressiva expansão do mundo cristão.

RESPONDA


A) Defina “Religião protestante”.
B) Diferencie cristianismo , catolicismo e protestantismo.
C) Explique o que é INDULGENCIA.
D) Explique o que é SIMONIA.
E) Quais as principais propostas da reforma de Luterana ?
F) Quais as principais propostas da reforma de calvino ?
g) Quais os motivos que levaram o rei Henrique VIII a declarar a separação da Inglaterra a Igreja Católica fundando a Igreja Anglicana?
h) O que foi o Tribunal do Santo Ofício.
i) Explique o Index.
J) Qual a importância da Companhia de Jesus para a contra reforma católica?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Era dos Extremos PDF

Querid@s alunos do AÇÃO 1, segue a cópia em pdf do livro “Era dos Extremos” do historiador britânico Eric Hobsbawm, cujot título e temática serviu de inspiração para o nosso tema gerador do ação 1- 2013, dividido em 3 partes: Parte 1Parte 2Parte 3

Lista de exercícios de história. 1o ano

1. (G1 - cftmg 2017)  O processo de independência do Brasil teve como uma das suas principais características a unificação de todos os territórios colonizados pela metrópole portuguesa, diferentemente do que ocorreu na América Espanhola.
Entre os elementos que explicam essa característica singular, pode- se incluir, EXCETO a a) difusão da religiosidade católica.   b) existência de trabalho escravo em latifúndios.   c) presença da corte lusitana no continente americano.   d) defesa do tráfico negreiro contra ingerências internacionais.   2. (Uem 2017)  No Brasil, durante o século XIX, ocorreram diversas revoltas sociais. Uma das mais importantes foi a Revolução de Pernambuco de 1817, que neste ano completa 200 anos. Sobre os motivos dessa Revolução, assinale o que for correto. 01) Motivos econômicos: reação dos senhores rurais e dos homens livres contra o domínio dos portugueses e contra os altos preços pelos quais estes vendiam gêneros de primeira necessidade.   02) Motivos re…